Análise de sintomas para o Novo Coronavírus (COVID-19)

Evite sair de casa! Faça uma análise e descubra se seus sintomas são do Coronavírus. É gratuita.
Analise os sintomas e verifique se pode ser Coronavírus
Tire suas dúvidas online, diretamente com médicos

Cadastre-se agora e faça uma consulta virtual

Escolha entre dezenas de especialidades ou utilize nosso plantão médico.

Quem está falando de nós?

O que é o Coronavírus (COVID-19)?

O Coronavírus – ou COVID 19, é uma família de vírus que causam infecções respiratórias e cujo novo agente foi descoberto no fim de 2019, após casos na China.

Dados que você precisa saber sobre o Coronavírus

Taxa de contágio:

Sarampo - 15

80%

COVID-19 - 2,74

10%

H1N1 - 1,5

5%

Uma pessoa infectada transmite o vírus, em média, para 2,74 pessoas. Comparativamente, na pandemia de influenza H1N1 em 2009, esta taxa foi de 1,5 e no sarampo é em torno de 15.

Período de incubação do vírus:

COVID-19 - 5 dias

5%

O período de incubação, ou seja, o tempo entre o dia do contato com o paciente doente e o início dos sintomas, é, em média, de 5 dias para o COVID-19. Em raros casos, o período de incubação chegou a 14 dias.

Grande parte dos casos são leves:

Aproximadamente 80 dos casos são leves e não necessitam hospitalização, devendo permanecer em isolamento respiratório domiciliar; 15% necessitam internamento hospitalar fora da unidade de terapia intensiva (UTI) e menos de 5% precisam de suporte intensivo.

Os idosos estão mais vulneráveis:

Nas crianças, o COVID-19 tem se apresentado de forma leve e a letalidade é próximo a zero; já no idoso, a letalidade aumenta muito. No idoso com mais de 80 anos e comorbidades, a letalidade é em torno de 15%.

Fonte: Informe da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) sobre o novo coronavírus – (Atualizado em 12/03/2020)

O que fazer? Se prevenir!

Evite contato social

Evite contato muito próximo com pessoas que apresentam infecções respiratórias.

Mantenha sua mão higienizada

Lave bem as mãos ou utilize álcool para desinfetá-las com frequência.

Evite que o vírus alcance pontos de contágio

Evite tocar os olhos, nariz e boca sem antes higienizar as mãos.

Se puder, fique em casa

Evite locais com grande concentração de pessoas.

Imagens e ilustrações: Freepik