Confira informações sobre este tipo de câncer de pele, considerado o mais grave.

Você tem o hábito de checar como vai a saúde da sua pele no dia a dia, analisando se há algo visualmente diferente, especialmente a alteração estética de suas pintas? Os melanomas são considerados uma lesão maligna que pode se apresentar na forma de manchas ou nódulos, se desenvolvendo em uma pinta pré-existente, com sinais visíveis de malignidade.

O melanoma é um tumor maligno que tem origem nos melanócitos – células que produzem melanina – e podem ocorrer em variadas partes do corpo, como a pele, olhos, membranas mucosas, orelhas, pés, mãos, trato gastrointestinal e genitais. Considerado o câncer de pele mais perigoso, ele tem alta capacidade de metástase, invadindo qualquer órgão, até mesmo o coração ou o cérebro.

Desse modo, ele é considerado de alta letalidade, sendo importante sua detecção em estágio inicial para o sucesso do tratamento. Nos últimos anos, foi identificado um aumento de sobrevida nos pacientes com esse tipo de câncer, devido à agilidade na detecção precoce e à utilização de medicamentos imunoterápicos.

Apesar de o câncer de pele ser o mais frequente em nosso país, o correspondente a 25% de todos os tumores malignos registrados no Brasil, o melanoma representa apenas 4% das patologias malignas do órgão. Conforme divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2020, foram estimados cerca de 8450 novos casos de melanoma, sendo 4250 em mulheres e 4200 em homens.

Confira 8 exemplos de quando procurar o Plantão Médico Online

Médicos plantonistas na palma da sua mão

Quero consultar agora

Médicos plantonistas na palma da sua mão

Quais os principais fatores de risco

– Exposição inadequada ao sol ou bronzeamento artificial

Quando somos expostos à luz solar, os melanócitos são estimulados a produzir mais pigmento, fazendo com que a pele fique mais escura. Assim, a radiação ultravioleta é a maior responsável pelo desenvolvimento do câncer de pele, que além de ser encontrada nos raios solares, também está presenta nas cabines de bronzeamento artificial.

– Peles claras

Outro fator que torna o indivíduo mais suscetível a desenvolver esse câncer é a cor da pele. Quanto menos melanina a pessoa tiver, ou seja, quanto mais clara for sua pele, menor a proteção contra os efeitos da radiação solar. Assim pessoas loiras, ruivas, de olhos claros e com sardas são as mais prejudicadas pelo melanoma. Entretanto, o melanoma também é encontrado em pessoas com a pele negra, hispânicos e em japoneses, em uma escala bastante reduzida.

– Histórico Familiar

A genética também conta muito, de modo que pessoas que tenham no histórico familiar parentes que desenvolveram a doença, devem estar atentas, pois é maior a propensão à desenvolvê-la. Por isso, caso saiba de alguém da família que teve Melanoma, não deixe de se autocuidar: avalie sua pele com frequência e, uma vez por ano, faça consultas para check-up de rotina.

– Imunidade e outras doenças

Pessoas com sistema imunológico debilitado, especialmente aquelas que têm AIDS, Lupus, são transplantados ou fazem quimioterapia têm maior risco de desenvolver melanoma. Além deles, mulheres com endometriose e pacientes com doença de Parkinson também, apesar da causa ainda ser desconhecida em ambas.

Teleconsulta: o que é, como funciona e quais as vantagens?

Dicas para se prevenir

Uma vez que em torno de 2/3 dos casos de melanoma são reflexo da exposição solar excessiva, a primeira medida preventiva contra a doença e aos demais cânceres de pele é a redução da exposição solar. Por isso, em se tratando dos cuidados com os raios ultravioletas, preparamos as seguintes recomendações:

  1. Evite fazer bronzeamento artificial
  2. Tenha cuidado para não se expor ao sol até que apareçam queimaduras na pele
  3. Use filtro solar, no mínimo, de fator 30, sendo que o ideal é o de fator 50, reforçando a aplicação de 2 em 2 horas. Desse modo, não economize em sua aplicação.
  4. Atenção: é extremamente importante evitar a exposição solar entre as 10h e as 16h.
  5. Use apenas óculos com proteção comprovada contra raios UV.
  6. Sempre use chapéu ou boné quando tomar sol.
  7. Quem trabalha ao ar livre, deve fazer uso de roupas leves que cubram todo o corpo, em especial pernas e braços.

 Quais são os principais sintomas de Melanoma

O sintoma mais comum de Melanoma é o surgimento de alguma mancha escura na pele, assim como a alteração de algum sinal antigo, especialmente em pintas pré-existentes. Para ficar mais claro, a Sociedade Americana de Dermatologia desenvolveu um guia conhecido por ABCDE, que orienta médicos e pacientes a levantarem lesões suspeitas. Confira:

  • A- Assimetria: As pintas que temos comumente têm formas simétricas, sendo ovais ou arredondadas. Já no melanoma, elas são geralmente assimétricas.
  • B- Bordas: Os melanomas são marcados por terem bordas irregulares e que se misturam com a nossa pele.
  • C- Cor: Esse tipo de câncer costuma ter variações de cor dentro da mesma lesão, apresentando algumas áreas com coloração diferente ou de maior intensidade.
  • D- Diâmetro:  Enquanto as pintas comuns não costumam crescer para além de 6 cm de diâmetro, os melanomas podem começar pequenos e crescer consideravelmente, sendo uma característica relevante deste tipo de câncer de pele.
  • E- Evolução: Esteja atento a pintas que mudam formato, cor ou tamanho ao longo do tempo, que podem se tratar de câncer de pele. Caso uma pinta comece a sangrar ou coçar, também está sob suspeita.

É importante salientar que a maioria das pintas não sofre transformação para melanoma, assim como a maioria dos casos de melanoma não surgem destas lesões.

Se identificou no conteúdo acima ou alguém de sua família precisa de ajuda? Acesse nosso site e converse imediatamente com um médico para tirar suas dúvidas e te apoiar no diagnóstico. É muito importante que os melanomas sejam identificados em estágio inicial, por isso, não perca tempo e cuide já de sua saúde. Nossa equipe está à disposição, imediatamente.

Está sem plano de saúde? Realize uma consulta médica online

Quer realizar uma consulta online com um médico?

  • Prescrição digital e pedidos de exames
  • 100% online e com preços acessíveis

Deixe uma resposta


 











 
close-link















 
close-link